Site da Soldagem - Uma visão técnico-científica da área da soldagem
English version


A que se destina o site?

O Site da Soldagem é um espaço destinado à democratização dos conhecimentos relacionados a soldagem e áreas afins.
Missão: Estimular permanentemente o desenvolvimento e a discussão dos conhecimentos técnico-científicos como forma de socializar informações consolidadas na área da soldagem.
Visão: Ser um instrumento de socialização e consolidação dos conhecimentos relacionados a soldagem.



Equipe

Gestão do Site
Prof. Sérgio R. Barra
Prof. Sérgio R. Barra, Dr. Eng.

Eventos
Geovana R. Silva
Geovana R. Silva

Jornalismo
Henie L. Lima
Henie L. Lima, Jornalista
henie@sitedasoldagem.com.br



Fale conosco

Caso você tenha alguma dúvida, sugestão, contribuição, crítica e/ou queira saber como participar do site é só nos mandar um e-mail ou deixar um comentário.

Clique na imagem abixo para mandar uma mensagem para o Site da Soldagem ou use o e-mail do Fale Conosco.

Fale Conosco - Site da Soldagem



Evento em destaque

CILAMCE 2015
MINI-SYMPOSIUM COMPUTATIONAL WELDING MECHANICS 
CILAMCE 2015
Local: Rio de Janeiro (RJ)
Período: 22 a 25/11/15
This mini-symposium will focus on principles and applications of computational welding to predict distortion, heat and residual stress in welded structures, thereby creating safer, more reliable and lower cost structures. Examples include the multi-physics of welding, thermo-mechanics of welding, couplings, nonlinear heat flow, nonlinear deformation, numerical methods and modelling for efficient simulations, calibration and validation strategy, modelling options in computational welding mechanics, modelling strategy, robustness and stability, crack propagation in welded structures.
  
Clique aqui para obter outras informações sobre o evento.


Clique aqui para ver a relação completa de eventos para 2015.


Enquete

Considerando a utilização dos processos de soldagem ao arco elétrico, em sua opinião, qual dos itens abaixo é mais prejudicial à saúde do soldador (possibilidade de acidente com afastamento)?
Radiação do arco (radiações ultravioleta - UV e Infravermelha - IF)
Fumos (gases tóxicos gerados na região do arco)
Salpicos (projeção de gotas de metal líquido)
Superfície aquecida (temperatura atingida ao redor da solda)
Nenhum dos itens anteriores



Colunista do mês

Prof. Erwin W. Teichmann - IFSC

Texto (1): Panorama do mercado automobilístico nacional – soldagem de peças e chassis x formação de mão de obra 

As recentes notícias da implantação de novas montadoras no nosso país dão uma noção da importância que o país está assumindo no cenário mundial de produção de veículos. Em adição, outro dado que confirma esta tendência é de que o Brasil, nos últimos 10 anos, passou da décima para a sexta posição no ranking mundial de volume de fabricação de veículos.
Para conhecimento, uma fábrica de veículos envolve investimentos de centenas de milhões de reais, a geração de centenas ou milhares de empregos diretos e um número até dez vezes superior de empregos indiretos. Os grandes fabricantes de veículos são chamados hoje de “montadoras”. Esta denominação provém do foco que está sendo dada, principalmente, ao desenvolvimento do produto e aos aspectos econômicos da fabricação de forma a manter a competitividade.

Clique aqui para ver o restante do editorial e a relação completa dos artigos publicados pelos colunistas.



Depoimentos e observações sobre o Site da Soldagem

"Bom dia! 
Trabalho com soldagem a dez anos e a dois anos sou professor no SENAI em Santo Antônio da Platina (Paraná). Não me vejo em outra profissão se não for a soldagem. Sou apaixonado pela área. Gostaria de fazer parte da comunidade do Site da Soldagem, que é, com certeza, o espaço mais completo do setor de soldagem. Muito legal!
Aos poucos estou me inteirando de todos os assuntos disponíveis no Site da Soldagem."
Por: Adriel Oliveira (Santo Antônio da Platina - PR)

"Acompanho o Site da Soldagem quase que diariamente e digo que o espaço está de parabéns!"
Por: Adriana Souz (São Paulo - SP)

"Fiquei surpreso com as informações e a estrutura do Site. Voltarei com certeza a visitar o espaço. Estou fazendo curso de soldador e tenho certeza que vou aprender muito aqui (Site). Parabéns e obrigado!"
Por: Nilton Gonçalves

“Venho mais uma vez agradece pelo ótimo trabalho realizado pelo Site da Soldagem. Fiquei surpreso com a nova cara do Site. Ficou muito bom! O Site disponibiliza informações sobre os canais de conhecimentos na área da soldagem. Por exemplo, aqui próximo de mim tem o GETESOLDA da UFPA. Desde já agradeço pelo empenho da equipe do Site da Soldagem.”
Por: Haroldo Junior (Belém - PA)

"Prof. Barra, parabéns pelo site! É desse tipo de iniciativa que o Brasil precisa."
Por: Diulice Vitório (Salvador - BA)

"O Site é excelente e propicia aos profissionais e aos estudantes uma fonte segura e atualizada de conhecimentos envolvendo a área em questão. O crescimento do Site se dará de forma uniforme e dará oportunidade aos navegantes de estarem inseridos no meio em que pretendem atuar futuramente.
Por ter vertente acadêmica, o mesmo passará a ser referência, pois dará aos profissionais já atuantes um upgrade em sua atividade profissional.
Parabenizo pela criação do site".
Por: Vilmar Ferreira de Souza (Ultracargo.



Boas práticas

Inovação tecnológica: Projeto da UNIARP aperfeiçoa sistema de soldagem robotizada
Fonte: UNIARP
Postada em: 01/06/15


Pesquisadores da Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP), pertencentes ao curso de Engenharia de Controle e Automação, desenvolveram um projeto que aplica um sistema de visão em máquinas para geração de pontos de trajetória em processos de soldagem robotizados. O projeto, desenvolvido pelos alunos Alex Portella, Mayne Francieli Gonçalves e Phelipe Viscki e pelos professores Fabrício Páris e Julio Cesar Carvalho, confere maior autonomia ao robô em um processo de soldagem de chapas de aço, por meio da captura e processa imagens para reconhecer as bordas das chapas de uma junta a ser soldada.

Equipe de pesquisadores da UNIARP - Site da Soldagem

O professor Fabrício explica que o projeto visa aperfeiçoar o sistema de soldagem industrial já existente. Segundo ele os movimentos que um robô de soldagem executa dependem de um programa específico pré-concebido, demandando operadores treinados para realizar a programação específica da trajetória da junta a ser soldada. “Entretanto, este procedimento pode apresentar problemas inerentes à execução devido a vários fatores como o grande número de parâmetros variáveis, erro de gravação de pontos da trajetória, complexidade, demanda excessiva de tempo e outros”, comenta. Para o aluno Phelipe, o sistema de visão integrado a uma célula de soldagem robotizada, propicia flexibilização do processo quando da necessidade da realização de união de chapas cujas juntas variam de dimensão, posicionamento e orientação, viabilizando assim a implementação de robôs em processos de soldagem onde há necessidade de execução de tarefas não repetitivas.


Clique aqui para ler o restante da reportagem e conhecer outros projetos sociais relacionados a soldagem.



Notícias da área e afins

Critérios para Certificação de Inspetores de Soldagem N1 e N2: Reconhecimento de Instituições de Treinamento
Fonte: FBTS
Postada em: 01/01/16
Informativo emitido pela FBTS (Fundação Brasileira de Tecnologia da Soldagem) relata que, de acordo com a nova revisão da NBR 14842 - versão 2015, os candidatos a exame de qualificação devem comprovar, formalmente, por meio de certificado, ter obtido aproveitamento satisfatório em curso de treinamento reconhecido pelo Organismo de Certificação de Pessoas.

Novas regras para as instituições de treinamento - Site da Soldagem

Desta forma, o Bureau de Qualificação e Certificação de Inspetores de Soldagem, em sua última reunião (15/05/15), estabeleceu que a partir de JANEIRO/2016, não serão aceitos, para fins de comprovação de treinamento, os certificados emitidos por instituições não reconhecidas pela FBTS.

Portanto, as instituições de treinamento devem se adequar aos requisitos estabelecidos na IIB-023 – Critérios Reconhecimento de Instituições de Treinamento.


Informações adicionais devem ser obtidas no site da FBTS.
Clique aqui para ler o restante da reportagem!

Produção siderúrgica: 2015 deve fechar com estimativa de queda de 2% para aço bruto e 9% para laminados
Fonte: Instituto Aço Brasil
Postada em: 29/12/15

Segundo dados divulgados pelo Instituto Aço Brasil, a produção brasileira de aço bruto em novembro de 2015 foi de 2,5 milhões de toneladas, queda de 4,4% quando comparada ao mesmo mês em 2014. Em relação aos laminados, a produção de novembro, de 1,8 milhão de toneladas, apresentou queda de 10,0% quando comparada com novembro do ano anterior. Com esses resultados, a produção acumulada nos onze primeiros meses de 2015 totalizou 30,8 milhões de toneladas de aço bruto e 21,1 milhões de toneladas de laminados, quedas de 1,6% e de 8,9%, respectivamente, sobre os mesmos períodos de 2014 (vide imagem).

Produção brasileira de aço deve apresentar queda em comparação a 2014 - Site da Soldagem

Clique aqui para ler o restante da reportagem!

Desenvolvimento tecnológico: Implantação massiva de robôs é uma das possíveis saídas para o incremento da produtividade e a redução de custos na indústria brasileira
Fonte: Yaskawa Motoman  / RoboticsAndAutomationNews.com
Postada em: 09/12/15

Baseada na dificuldade de encontrar estatísticas mundiais sobre a base instalada de robôs industriais, a Robotics & Automation News compilou sua própria lista de dados, a qual recebeu a denominação de “Top 9”. A figura abaixo (compilamento do mapeamento mundial de robôs instalados) mostra que próximo de 65% dos robôs industriais são forcecidos por três empresas do setor, destacando-se a Yaskawa Motoman com a parcela de 24,2% (300.000 robôs).

Mapeamento mundial de robôs industriais instalados - Site da Soldagem

Neste contexto, o gerente geral da Yaskawa Motoman (Brasil), Icaru Sakuyoshi, relata que atualmente a concorrência é global e a indústria local (Brasil) compete com outras plantas em qualquer parte do mundo. Assim, a baixa produtividade da indústria nacional e o elevado custo da mão de obra são fatores que torna o país pouco competitivo. Neste caso, ser competitivo é apostar na automação. O Brasil representa um enorme potencial, haja vista a baixa densidade de robôs instalados no país. Para exemplificar o cenário, a indústria brasileira tem implantando menos de 10 robôs por 10 mil trabalhadores. Para ter uma dimensão desse potencial, basta olhar para os números dos países mais robotizados no mundo. A Coreia do Sul, por exemplo, tem uma densidade de 450. Por sua vez, no Japão essa proporção é de 320, na Alemanha é 280 e nos Estados Unidos é de 150. Isso significa que o Brasil ainda está muito abaixo da média dos países desenvolvidos.

O gerente finaliza sua análise enfatizado que a indústria nacional ainda engatinha e não se atentou para a necessidade da implantação massiva de robôs em suas linhas de produção. Em contrapartida, países como a China e os EUA investem pesadamente em robotização, cada qual instalando anualmente algo em torno 35 mil e 25 mil robôs respectivamente. O Brasil, não chega a 1.500 robôs por ano.

Clique aqui para ler o restante da reportagem!

Clique aqui para ler as reportagens anteriores.
 InfoSite

Instituições de Ensino Superior brasileiras que oferecem Cursos de Pós-Graduação em Soldagem
Fonte: Site da Soldagem Imagem: Lead Comunicação
Última atualização: 26/01/14

O Site da Soldagem fez um levantamento das Instituições de Ensino que oferecem, nos seus Programas de Pós-Graduação (lato e/ou stricto sensu), linhas focadas para a área da soldagem. Veja a baixo a relação das Instituições e os Cursos "modalidades" oferecidos por cada programa.

Cursos de Pós-Graduação em Soldagem como diferenciais no mercado - Site da Soldagem

Instituição (Departamento que oferta) - Modalidades de Pós-Graduação ofertadas
UFSC (Departamento de Engenharia Mecânica) - Mestrado / Doutorado
UFMG (Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais / Departamento de Engenharia Mecânica) - Mestrado / Doutorado
UFPR (Departamento de Engenharia Mecânica) - Especialização / Mestrado / Doutorado
UNB (Departamento de Engenharia Mecânica) - Mestrado / Doutorado
UFU (Departamento de Engenharia Mecânica) - Especialização / Mestrado / Doutorado
UFPA (Departamento de Engenharia Mecânica) - Mestrado
UFC (Departamento Engenharia Metalúrgica e de Materiais) - Mestrado / Doutorado
Faculdade de Tecnologia SENAI CIMATEC (BA) - Especialização / Mestrado
Faculdade de Tecnologia SENAI Nadir Dias de Figueiredo - Especialização
UFRGS (Departamento de Engenhria de Minas, Metalúrgica e de Materiais) - Mestrado / Doutorado
UFCG - PB (Departamento de Engenharia Mecânica) - Mestrado
UFRN (Departamento de Engenharia de Materiais - PPGCEM) - Mestrado / Doutorado
Universidade Federal Fluminense (UFF) - Especialização
PUC/RJ (Departamento de Ciência dos Materiais e Metalurgia) - Especialização / Mestrado / Doutorado
USP (Escola Politécnica) - Especialização / Mestrado / Doutorado
UNITAU - Especialização
UNIMEP - Especialização
UNILESTE (MG) - Especialização
Instituto SENAI de Educação Superior (RJ) - Especialização
Instituto Mauá de Tecnologia (SP) - Especialização
UPE (Escola Politécnica) - Especialização
Faculdade do Centro Leste (UCL) - Especialização
Universidade Católica de Petrópolis (UCP) - Especialização
Instituto Superior Tupy (IST) - Especialização
Faculdade de Engenharia de Bauru (UNESP) - Mestrado
Fundação Santo André (FSA) - Especialização

Caso a sua Instituição de Ensino não conste na relação, favor encaminhar um e-mail para o Site da Soldagem para que possamos atualizar a relação.

Observação: Para os Cursos de Especialização, não há obrigatoriedade da oferta na forma de "fluxo contínuo".

Clique aqui para ver as notícias anteriores.


Conceito básico

Soldabilidade e Carbono Equivalente (Ceq)
Fonte: Sérgio R. Barra (Site da Soldagem)             
Imagem: Adaptada de Alexandrov et al. (2005) e ISO 17642-2:2003
Postada em: 06/12/13

Soldabilidade é a capacidade de um material ser unido/revestido/recuperado (fabricado), empregando um determinado processo de soldagem, obtendo uma estrutura final que irá desenvolver satisfatoriamente as condições desejadas em projeto (relação adequada entre defeitos x solicitações em serviço x alterações das propriedades).

Determinação da soldabilidade de uma liga ferrosa a partir do uso do teste de auto-restrição "Tekken" - Site da Soldagem

Carbono equivalente (Ceq) é um conceito numérico empírico adotado para avaliar, nos aços e nos ferros fundidos, o potencial efeito deletério...
Clique aqui para ler o conceito completo!

Clique aqui para ver o glossário de conceitos básicos.


Vagas e oportunidades

Soldador 

Local: São Paulo (SP)
Número de vagas: 01
Recrutante: Gi Group
Requisitos / características:
- Responsável por examinar as peças a serem soldados, consultar desenhos, especificações ou outras instruções para organizar o roteiro de trabalho;
- Controlar materiais a serem utilizados nos diversos serviços, encaminhando os itens faltantes para providenciar a compra;
- Realizar manutenção corretiva em cercas perimetrais, telas, alambrados, portões metálicos, portas, boxe de carregamento, estrutura industrial, telhados, tesouras de vigamento, estruturas de anti-incêndio (hidrantes, tubulação e projeta proteção para o setor);
- Executa serviços de serralheria conforme a necessidade.
- Necessário Ensino Médio Completo e obrigatório curso de Soldador e Combate contra incêndio e experiência na área.
Clique aqui para obter outras informações sobre a vaga!

Operador de Carroceria - Inspeção de Soldagem

Local: Joinville (SC)
Número de vagas: Não informado
Recrutante: BMW
Requisitos / características:
- Responsável por realizar todos os testes de soldas nas carrocerias do grupo BMW (soldagem resistência, MIG/MAG, laser e soldagem de parafusos);
- Realizar testes de ultrassom, testes não destrutivos, testes destrutivo nas carrocerias, efetuando análises e registrando os resultados obtidos;
- Responsável por observar os instrumentos e medidores, obter amostras, realizar as análises e preencher o checklist de acordo com frequência pré-estabelecida pela área de processos;
-Responsável pela organização no local de trabalho e pela conservação dos materiais e equipamentos a serem utilizados no cumprimento de suas atividades.

Clique aqui para obter outras informações sobre a vaga!

Soldador Aço III

Local: Belo Horizonte (MG)
Número de vagas: 03
Recrutante: Concremat
Requisitos / características:
- Ensino Médio Completo;
- Possuir curso na área da soldagem de aço (OBRIGATÓRIO);
- Atuar na realização de soldagem em peças de ligas metálicas, controlar equipamentos específicos e aplicar normas técnicas;
- Manter organizado o local de trabalho e meio ambiente;
- Preparar e operar equipamento de soldagem;
- Realizar acabamento das peças soldada;
- Desejável experiência na soldagem de instalações de gás.
Clique aqui para obter outras informações sobre a vaga!

Clique aqui para ver todas as vagas e oportunidades vinculadas no Site da Soldagem.


Saúde, Segurança e Meio Ambiente (SMS) na soldagem

Orientações básicas à criação de um ambiente seguro para a operação de soldagem
Fonte: Adaptadao de Stephanie Lowney (2015)                          Imagem: Miller
Postada em: 06/01/16 

A implementação de medidas de segurança no ambiente fabril não deve ser uma ação meramente gerencial (vinda de cima para baixo). A ação deve envolver também os colaboradores (soldadores) e incentivá-los a cultivar o hábito da realização de operação de soldagem segura (relação com tanto com o treinamento quanto com o uso adequado dos equipamentos de proteção individual “EPI” e equipamentos de proteção coletiva “EPC”). Esta estratégia melhora a aceitação dos EPI/EPC, por parte dos funcionários, e reduz os custos e o tempo de operação. Fundamentalmente, a segurança dos funcionários deve ser sempre uma prioridade na empresa.

Ambiente de trabalho seguro tem impacto sobre a qualidade e o tempo de fabricação - Site da Soldagem

Considerando os processos fabris, ressalta-se que duas operações de soldagem não, necessariamente, terão as mesmas necessidades (peculiaridades), uma vez os equipamentos, processos e habilidades soldador variam. Portanto, também se alteram os requisitos de segurança da empresa para cada operação realizada.

Clique aqui para ver a reportagem completa!

Clique aqui para ver o restante da reportagem e/ou outras informações sobre SMS.

Pesquisa rápida

Clique aqui para fazer uma busca no Site da Soldagem

Clique na imagem acima para acessar a ferramenta de busca do Site da Soldagem.


Site da Soldagem nas redes

Clique aqui para acessar o Twitter do Site da Soldagem!  Clique aqui para acessar o Facebook do Site da Soldagem! Clique aqui para acessar o Canal do Site da Soldagem no Youtube! Clique aqui para acessar o LinkedIn do Site da Soldagem!


Parceiros institucionais

Associação Brasileira de Soldagem - Site da SoldagemInstituto Argentino de Siderurgia - Site da Soldagem

Site da Logística - Site da Soldagem
TecnoPeG - Site da Soldagem


Newsletter do Site da Soldagem

Cadastre aqui o seu e-mail para receber as novidades da área da soldagem!

Favor digitar o seu e-mail na caixa abaixo!

Delivered by Site da Soldagem


Eventos apoiados pelo
Site da Soldagem

FEIMEC 2016 - Site da Soldagem


Vídeos

O Site da Soldagem faz uma busca periódica sobre vídeos relacionados com a área da soldagem. Caso você tenha interesse em indicar um vídeo para vinculação neste espaço, é só encaminhar um e-mail, contendo as informações básicas do vídeo, para:

faleconosco@sitedasoldagem.com.br

Título: Corte térmico (arco voltaico) subaquático 

Fonte: Vídeo internet (Youtube)
Data da criação (original): 2012
Idioma / legenda: Sem legenda
Duração: 1 minuto e 37 segundos
Informação: O vídeo apresenta um soldador (mergulhador) executando a operação de corte térmico (arco voltaico) subaquático de um componente metálico (chapa de aço) da caixa do estabilizador de um navio de passageiros.
Variáveis de operação: 150 A, oxigênio como atmosfera protetora e temperatura do arco na ordem de 10.000 ºF.

Clique
aqui para  ver a relação completa dos vídeos indicados pelo Site da Soldagem.

Apoio

Em construção - Site da Soldagem



Universidades, centros de pesquisa e associações relacionadas com a área de soldagem

Caso a sua Instituição ainda não faça parte da nossa relação e tenha o interesse em constar na lista, encaminhe um e-mail com os dados da Instituição para o endereço:
faleconosco@sitedasoldagem.com.br


Leituras recomendadas

Clique na opção desejada para acessar os arquivos/websites.

Leitura em destaque!
Mecanizado y Soldadura

a) Revistas da área
Boletin Soldar Conarco
Carrers in Welding
Soldagem & Inspeção
Revista Corte & Conformação de Metais
FBTS em Revista
Revista da Soldagem
Revista Pipeline & Gas Journal
Revista Solução
Insight – Non-Destructive Testing and Condition Monitoring
Revista Svetsaren
Welding Innovation
Canadian Welding Association Journal
Fronius Weld+Vision
Welding Journal
Welding in the World
The Paton Welding Journal
Science and Technology of Welding and Joining
Connect: The Magazine of TWI
Revista Tratamento de Superfície
MetalsOutlook™: Newsletter
DVS-Magazin
Revista Latinoamericana de Metalurgia y Materiales
Revista de Metalurgia
Science and Technology of Welding and Joining
Welding International
Journal of Thermal Spray Technology
Surface Engineering
International Journal of Adhesion and Adhesives
Welding and Cutting
International Journal of Pressure Vessels and Piping
Welding World Magazine
Gasworld Magazine
Quarterly Journal of Japan Welding Society
The Fabricator
Revista Inovação
Revista Pulso (Indura)
Revista Metal Actual
Journal of Manufacturing Processes
Underwater Technology
SUDURA (WELDING) Journal
Revista Proteção
Revista Soldadura y tecnologías de unión
Magazine Gases for Life
Wear

b) Teses, Dissertações e Monografias
Teses
Dissertações
Monografias
Trabalhos de Final de Curso

c) Livros
Clique aqui par ver a relação de livros recomendados pelo Site da Soldagem.

d) Artigos independentes
Veja a relação

e) Outros
Veja a relação


Últimas notícias



Voltar para o topo da página ¦ Voltar para a página inicial

Copyright© 2009-2016 Site da Soldagem - Todos os direitos reservados
Uma visão técnico-científica da área de soldagem
Clique na imagem abaixo para entrar em contato com o Fale Conosco do Site da Soldagem.
Fale Conosco!